Viver

Gratidão: A chave para a felicidade e sucesso

Esta semana, assisti ao vídeo de um profissional da área audiovisual que acompanho o trabalho a um tempo. Entre alguns assuntos que foi abordado, ele comentou sobre Gratidão, e o quanto ser grato por tudo que acontece na sua vida, seja de bom ou ruim, faz você se tornar mais forte, mais feliz e com cada vez mais sucesso, tanto na vida profissional quanto pessoal.

Bom, eu – Doug -, de uns 2 anos pra cá, já havia percebido o poder que a gratidão tem de mudar a forma como enxergamos a vida ao nosso redor. Porém, nestes últimos meses, passei por momentos de falta de motivação e bloqueios criativos no meio em que trabalho – produção de vídeo e criador de conteúdo aqui para o VSV – , e com isso, esqueci de ser grato pelas coisas e momentos, reclamando dos problemas e não botando atenção nas entrelinhas.

Acontece que, tudo o que passamos de ruim em nossas vidas, são momentos que te fazem mais forte, são degraus para o sucesso. São momentos de aprendizado, te fazem questionar sobre os teus objetivos, te fazem ver o que realmente você almeja, esses momentos te fazem desafiar você mesmo.

A gratidão é a parte mais louca nisso tudo. Você precisa ser grato pelas coisas boas, mas principalmente pelas coisas RUINS que te acontecem. As coisas ruins, tem um papel muito mais importante nas nossas vidas, do que as coisas boas.

As coisas boas, são frutos do que fazemos, é o resultado do nosso trabalho, nosso suor, nossas noites em claro estudando e trabalhando enquanto os outros dormiam, a colheita da nossa plantação.

A gente precisa entender que o sucesso está no topo, e não se pode chegar lá em cima, sem subir uma escada. Cada coisa ruim que esbarra no nosso caminho, cada coisa que dá errado, cada dificuldade, cada problema, cada decepção, é um degrau que você precisa subir.

E já que sem uma escada na nossa frente a gente não chega ao topo, a gente precisa ser grato por cada uma destas dificuldades, pois são elas que vão nos moldar, são elas que vão nos fazer mais forte. A gente precisa subir, a gente precisa sofrer, suar a camisa, trabalhar duro pra chegar lá. Por isso, as coisas ruins que acontecem nas nossas vidas são mais importantes do que as coisas boas.

A partir do momento em que você começa a ser grato por todas as dificuldades que enfrenta na vida pessoal e profissional, você para de reclamar e descobre uma nova forma de enxergar a vida.

A gente sabe que em muitas vezes é difícil de entender o porque das coisas estarem dando errado a toda hora. Mas calma, tenha paciência, pois toda vez que acontece algo ruim, é por que alguma coisa boa está por vir. Se um momento ruim acontece, é sintoma de uma mudança, e toda mudança começa com um caos inicial. Isso é importante para que as coisas se arranjem, para que algo melhor venha acontecer no futuro.

Ser grato por essas coisas, te dá mais otimismo na vida. SIM! Você para de reclamar, entende e tem a certeza de que esse momento é só uma fase difícil, e que vai passar. Tudo passa. São as dificuldades que nos tornam mais fortes.

Então, acredite em você. Seja firme nos teus objetivos. Dê tudo o que for possível para alcança-los. Tenha gratidão, bote energia na solução e não nos problemas.

– Pare de reclamar, e SEJA GRATO!

Related posts

Produtividade / Viver

Trabalhar em Casa: 10 Dicas para Maximizar sua Produtividade

Trabalhar em casa, quem vive neste modelo de trabalho sabe que manter o foco é a parte mais difícil. Quando chega o momento de inici...

Estilo de Vida / Viver

Quanto te pagam para desistir dos seus sonhos?

Você já ouviu falar do filme Amor sem Escalas? Para mim um filme que pelo titulo não me chamava atenção, até assistir a uma cen...

Sem Categoria / Viajar / Viver

O que não te contaram sobre largar tudo e viajar o mundo

Largar tudo e viajar pelo mundo. Confesso que muitas vezes me deixei levar pela beleza dessa frase. São muitas fotos maravilhosas, mu...

Estilo de Vida / Viver

Comece hoje a desistir das suas desculpas

Se você quer viver a vida dos seus sonhos, você precisa começar a fazer novas escolhas. A primeira dessas escolhas é se responsabi...

Nenhum comentário

Enviar comentário