Viajar / Indicação

Milford Track – Uma linda caminhada na Nova Zelândia

Com 53,5 km – 4 dias – a caminhada mais famosa da Nova Zelândia, Milford Track tem desafiado os praticantes de caminhada há mais de 150 anos. O cenário alpino e de fiordes continua perfeito como sempre.

100 Anos de Fama

Há cerca de 100 anos, em um artigo encontrado no The Spectator, a poetisa Blanche Baughan declarou que a Milford Track era o “melhor lugar do mundo para caminhar”. Aqui está um pequeno trecho do que ela disse:

“Esta é realmente a “região perpendicular” – as montanhas são divididas a partir do cume e essa divisão vai até uma altura de aproximadamente 30 metros acima do nível do mar. O outro lado do vale, que fica a cerca de 800 metros, é igualmente íngreme e, à medida que a trilha sobe, as árvores diminuem de tamanho e em quantidade, e as enormes paredes de pontas brancas começam a se unir acima do desfiladeiro, você se dá conta de que está caminhando no fundo de um sulco gigante da terra”.

Milford Track é, sem dúvidas, a trilha mais famosa da Nova Zelândia. Esta viagem de 53 quilômetros começa na cabeceira do Lake Te Anau e passa por pontes suspensas, pistas de praia e por uma estrada montanhosa. A Milford Track exibirá lagos intocados, picos do tamanho de arranha-céus e vistas maravilhosas do vale; além de dar a você a oportunidade de sentir o nebuloso ar das Cataratas Sutherland, a maior queda d’água da Nova Zelândia.

Em um dia ensolarado o lugar se mostra digno de um cartão-postal, porém, algumas pessoas dizem que somente quando chove, e uma enxurrada de água desce pelas vertentes íngremes, você realmente pode dizer que presenciou a magia da Milford Track.

Os visitantes que percorrem essa trilha com um guia levam cinco dias e quatro noites para concluí-la; os demais geralmente levam um dia e uma noite ou menos. A trilha é sempre visitada do sul para o norte, para minimizar o impacto ambiental. Existem três cabanas públicas para acomodação e três hotéis particulares ao longo da trilha; é proibido acampar.

 

O esplendor do MacKinnon Pass.

MacKinnon Pass

Os primeiros dois dias e meio de caminhada são difíceis. Começando a 200 metros acima do nível do mar, a trilha sobe em direção ao MacKinnon Pass, a 1.069 metros. À medida que se aproxima do local, a subida se torna mais pesada e em zigue-zague somando um total de nove curvas. Enquanto recupera o fôlego ao chegar ao cume, você pode desfrutar da vista do maravilhoso Vale Clinton. Ao norte encontra-se o Vale Arthur e Milford Sound – uma vista repleta de picos montanhosos.

 

As maiores cachoeiras da Nova Zelândia

Sutherland Falls

Após o terceiro ou quarto dia de trilha você verá as Sutherland Falls. A cachoeira de 580 metros cai direto do Lago Quill, que é alimentado por diversas geleiras, e chega ao chão em três etapas. Ela recebe as notas 95/100 pela visão e 35/35 pela grandeza, essas notas são atribuídas pela base de dados mundial de quedas d’água. Outras quedas fotogênicas encontradas ao longo da trilha incluem as Hirere Falls (420 metros) e as Dudleigh Falls.

 

Antes e depois da caminhada

TE ANAU

A cidade localizada à beira do lago, Te Anau, é a entrada para o Fiordland National Park e para a Milford Track. Os excelentes restaurantes, a qualidade das acomodações encontradas neste cenário inesquecível fazem de Te Anau um lugar atraente para preparar-se para (ou recuperar-se da) caminhada pela Milford Track. Outras aventuras encontradas na região incluem passeios a cavalo, uma visita às cavernas glowworm, safáris noturnos, passeios pelos fiordes e safáris feitos em caiaque pelo mar.

 

Rápida história sobre a trilha

A Milford Track segue os Vales de Clinton e Arthur, separados pelo MacKinnon Pass. Estes vales em forma de U foram esculpidos por geleiras durante a última era do gelo que terminou há aproximadamente 14.000 anos.

O percurso foi descoberto por Quintin MacKinnon em 1888 e a primeira trilha foi concluída dentro de dois anos. Durante os primeiros anos, um dos guias mais interessantes foi o próprio MacKinnon. A bordo de seu barco a velas, o “Julieta”, ele levava os turistas até a cabeceira do Lake Te Anau, e em seguida os guiava do MacKinnon Pass até o Lake Ada onde outra embarcação os levava até um hotel em Milford Sound. MacKinnon era muito conhecido pelas suas pompolonas (pães de forma), assim como pelo seu ensopado de papagaio e de pombo.

Com o passar do tempo, Milford Track foi se tornando mais acessível com a construção de pontes e orlas, que permitem que os visitantes conheçam todo o local, menos em dias com condições climáticas adversas.

Milford Track
Milford Track
Milford Track
Milford Track
Milford Track

Créditos: Divulgação 100% PURE NEW ZEALAND


 

Related posts

Viajar / Estilo de Vida

Os países com o melhor estilo de vida para morar

Mudar de ares, conhecer culturas diferentes, se adaptar a um novo ritmo de vida. Para quem quer morar e trabalhar no exterior, essas mu...

Viajar / Inspiração

Casal brasileiro viaja o mundo produzindo vídeos por um outro olhar

Viajar com um propósito. Esse era o principal objetivo do publicitário Lucas Moraes e da administradora de empresas Gabriela Nasci...

Viajar

Megatrilha irá conectar o Rio de Janeiro ao Rio Grande do Sul

Se as passagens entre o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro estão caras, que tal fazer esse percurso a pé? Essa é a proposta de ...

Sorrir / Indicação / Inspiração

MÚSICA: Playlists do spotify que nos inspiram

"Sem música, a vida seria um erro" - Nietzsche Eu ( Douglas ) concordo plenamente com essa afirmação, pois sem ela, estaría...

2 Comentários

  • avatar image

    wainmete

    ago 12, 2017

    We stumbled over here coming from a different web address and thought I might check things out. I like what I see so i am just following you. Look forward to checking out your web page repeatedly. http://www.teddybearsofdoom.org/phpBB3/viewtopic.php?f=7&t=163238 http://nova.necroxia.com/forum/viewtopic.php?f=42&t=1045634 http://www.sexybang.top/ http://rust.ohnonpaseux.org/viewtopic.php?f=9&t=314163

  • Destinos incríveis e pouco explorados ao redor do mundo

    set 27, 2017

    […] Todo esplendor dos fiordes neozelandeses estão no Parque Nacional de Fiordland, o maior parque da Nova Zelândia e um dos maiores do mundo, com 12 120 quilômetros quadrados. É uma região montanhosa de relevo agreste com numerosas cascatas, muitas das quais lançam suas águas no Mar da Tasmânia. Possui grande número de espécies endêmicas entre a sua fauna como as otárias (espécie de focas) e os kiwis. Para os amantes da trilhas é nessa região que se encontra as 3 melhores “Great Walks” do país. A mais famosa é a Milford Track, no qual nós já fizemos uma matéria especial sobre ela AQUI NESTE POST. […]

Enviar comentário